Slides Posts Recentes

Resenha - O castelo mágico da Princesa Melinda


Titulo:  O castelo da Princesa Melinda
Autora: Nádia Nobrega
Editora: Chiado
Páginas: 62



Sinopse –  O reino mágico da princesa Melinda vive dias muito agitados.  A  princesa está a chegar ao final do seu reinado e, por isso, precisa de  encontrar, urgentemente, uma nova sucessora. Porém, a futura princesa, que tem, tal como Melinda, um dom único, anda desaparecida, o tempo está a esgotar-se e a sobrevivência dos seres misteriosos que vivem no castelo, longe dos olhares do mundo, está em risco. Conseguirá Melinda salvá-los


Resenha/Opinião – Mais uma vez me encanto com uma edição da editora Chiado. Desta vez o livro é um infanto juvenil muito bem narrado. Tive uma experiência nova com essa leitura pois o li com o português de Portugal, isso mesmo que eu disse, de Portugal. No começo fiquei um pouco confusa porém me adaptei muito bem logo entendo o que cada palavra significava.

Mesmo Lucas tendo crescido em uma família pobre o mesmo nunca deixou a humildade de lado, sempre fiel à família e amigos. Com o passar dos anos e mesmo reencontra um amigo, nisso ouve falar de uma princesa misteriosa que vive num castelo a muito não frequentado. 

Melinda uma encantadora princesa luta pela sobrevivência das criaturas misteriosas que vivem em seu castelo e por isso torna-se também misteriosa pois há segredos em seu castelo que jamais poderão ser revelados. Como lutar para salvar seus ''amigos'' sem falar para o mundo sobre ele? Como encontrar outra sucessora de confiança e tão rápido?  

Para mim tudo estava bem estruturado e o romance nem se fala! Mas eu como fã devo dizer que fiquei realmente triste quando a história acabou, eu gostaria de mais. Mais páginas, mais romance, mais amizade, mais família.


Quotes – Por isso, ainda hoje, continuamos a usar palavras como ''Obrigado'', ''Desculpe'' e até ''Por favor'', porque estas palavras tão importantes e necessárias, foram feitas para serem ditas em qualquer idade e em qualquer lugar.

Partilhamos o último aceno desse dia e fui-me embora, sentindo-me inexplicavelmente muito feliz.

Como investigador, desconfiei das justificações e fiquei curioso, mas sabia que não era conveniente exagerar nas perguntas.

Quer dizer que eu agora sei que o meu lugar é aqui.

Nunca imaginei que, anos mais tarde, eu iria conhecer uma princesa e que a nossa história seria igual àquelas que eu ouvia antigamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário