Slides Posts Recentes

Resenha - Oníria


Titulo: Oníria
Autor(a): Joana Santos silva
Editora: Chiado
Páginas: 74

Sinopse - Oníria são pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente, entre o sono e o sonho. Inquietações que nos acompanham de olhos ainda cerrados, desligadas da realidade apenas na medida certa.
Esta é uma obra de sobresaltos que podiam ser os nossos, povoada por desassossegados que são de todos. Feita de momentos que, ao romper da aurora, nos fazem seguir em frente.



Resenha - Um livro de Poemas, temos muitos por ai certo? Mas esse tem algo a mais que nesse caso é um livro com poemas bem reflexivos e que nos prende do inicio ao fim, livro para se ler em apenas um dia, numa tarde de domingo.
Se cura ressaca literária ou se nos deixa com uma? Bem, eu diria que os dois, ele é bem leve e leva abordagens sobre Mãe, Avó, Amor e a obsessão. Muitos autores escrevem sobre os mesmos temas mas tem sempre o algo a mais de cada, sempre haverá uma escrita e narrativa diferente.
Desta vez o livro e os poemas foram feitos pela Joana Santos Silva, gente como a gente, que sentiu, viveu e amou, pensamentos reais do que viveu, observou e do que viu.
Oníria tem uma capa linda e a edição não poderia estar melhor, na capa vem desenhado um apanhador de sonhos e cada Poema sua folha, seu destaque. Joana fica a dica, ''Queremos mais!'' os poemas são ótimos mas acho que poderia ter um pouco mais não? Obrigada pelo carinho, adorei te conhecer e ter a oportunidade de ler sua obra.
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                               Segue trechos do meu poema favorito.

Amor
Meu anjo, minha rainha
Que me proteges noite e dia
Sempre preocupada
Nunca perdes uma chamada
Quero-te chamar de mãe
És minha amiga também
Que me abraça quando preciso
Que me rouba um sorriso
Sempre preocupada
Fazes tudo por mim
Acordas-me com beijinhos
Tentas sempre dar-me mimos
Fazes minha janta
Sempre encher-me a pança
Deus sabe, uma lutadora
Nunca vi mãe igual
Nem sei expressar o que sinto
Confidente de toda hora
Que grande admiração

O Poema completo com todas as frases você encontra claro no livro haha!
Se você leu essa resenha até aqui, obrigada pelo carinho e volta sempre <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário